Na manhã desta sexta-feira (8) existia a expectativa de que fosse feita a publicação oficial da exoneração do secretário de Esportes, Everton Chinaqui, que nesta quinta-feira (7) confirmou por meio de sua rede social o pedido de demissão do cargo. A publicação oficial, no entanto, não aconteceu.

Uma fonte ligada à atual gestão, em contato com o blog Papo Sem Censura, afirma que a saída de Everton está consolidada: “infelizmente não”, diz a fonte, sobre alguma chance do caso ganhar alguma reviravolta, uma vez que a secretaria de Esportes era uma das áreas elogiadas na atual gestão.

A mesma fonte garante que dois nomes estão no páreo direto pela vaga: o atual diretor da pasta, Antônio Macedo, e o atual secretário de Educação de Taubaté, Cláudio Teixeira Brazão, o Macaé. “Será um deles”, diz o articulista.

Macedo foi Diretor durante a gestão João Ribeiro e ocupou o cargo de secretário de Esportes após a saída de Tayoba.

Já Macaé, ex-presidente do PSDB de Pinda, foi secretário de Esportes nas gestões dos tucanos Chesco e Vito Ardito Lerário, nos anos 90 e início dos anos 2000. Mais recentemente, Macaé foi Secretário de Esportes e Lazer em Taubaté e atualmente está à frente da Secretaria de Educação da cidade – ambos os cargos na gestão do tucano Ortiz Jr.

Pitaco político e bastidores
Macaé foi peça importante na articulação que levou a união entre Vito e Isael para a eleição municipal de 2012. Três fontes ligadas aos bastidores da política consultadas pelo blog afirmaram, sob condição de anonimato, achar difícil Macaé deixar Taubaté neste momento. A decisão, porém, na leitura que faz o blog, pode passar pelo tabuleiro político de 2020, que envolveria Taubaté e Pinda.

Macedo seria nome mais seguro
Com experiência na pasta, que já ocupou como secretário, e hoje atuando como diretor, Macedo é visto como o nome mais seguro para o posto – é mais técnico, menos político. A vinda de Macaé embaralha de vez, ou pode por rumo, ao jogo político de 2020.

Reuniões e mais reuniões
Segundo o blog apurou, além das reuniões na secretaria de Esportes, ainda na quinta (7) Everton se encontrou com o presidente da Câmara, Felipe César, no horário do almoço, e à noite o prefeito Isael Domingues esteve na casa de Felipe, na região central de Pinda, onde é comum ser formado um pequeno “comitê político” – Isael não é frequentador constante nas reuniões, o que revela a importância do momento. O tema principal, claro, era a saída de Everton.