Por um erro administrativo de não cumprimento da lei 6.100/2018, que prevê o aviso ao poder legislativo com 30 dias de antecedência para os casos de reajuste no valor do transporte público, a Prefeitura terá que recuar e o reajuste de R$ 3,90 para R$ 4,40 deve ficar para o dia 10 de outubro.

Porém, o aumento não está cancelado, ele será apenas adiado para outubro. Inclusive a possível mudança da data ainda nem foi publicada em diário oficial, ou seja, sem validade legal até que isso ocorra.

Sendo assim, seja em setembro ou em outubro, a prefeitura se curvará às exigências da empresa operadora do transporte e a passagem irá, sim, para R$ 4,40.