No 4ª edição do Papo de Quinta, uma análise sobre o tom da primeira sessão legislativa de 2018 em Pindamonhangaba