cam_sc

Conforme previsto, aconteceu na tarde desta quinta (2) mais uma sessão extraordinária na Câmara de Pinda, desta vez para ser votado o projeto de lei 26/2017, do poder executivo, que prorroga por até 9 meses “os convênios celebrados com a Santa Casa de Misericórdia de Pindamonhangaba, visando a prestação de serviços na operacionalização integral do Pronto Socorro Municipal (Convênio n° 88/2014) e a prestação de serviços hospitalares ambulatoriais e de internação (Convênio n° 89/2014)”.

Rápida, a sessão foi encerrada sem surpresas e com a aprovação do projeto por unanimidade. Presidente da Comissão de Saúde da Câmara, o vereador Roderley Miotto (PSDB) afirmou que os vereadores irão semanalmente acompanhar a elaboração do novo contrato. Falou-se, mais uma vez, na necessidade de um contrato melhor  – filme que já está bastante repetitivo. Não se falou, no entanto, em audiência pública para a participação popular na construção desse novo acordo – ainda há tempo.

O projeto de prorrogação do contrato atual havia sido enviado à Casa na tarde de segunda-feira (30), dia da primeira sessão ordinária da nova legislatura. Alegando prazo curto para ler e aprovar, os vereadores pediram o adiamento de votação da proposta. Porém, como o contrato termina no domingo (5)  e para evitar a paralisação dos serviços, os parlamentares se reuniram com representantes da secretaria de Saúde e da Santa Casa, nesta quarta (1), e votaram o projeto hoje (2).

O projeto prevê a renovação por até 9 meses e um repasse mensal à Santa Casa no valor aproximado de R$ 1,6 milhão. Leia o projeto completo aqui.

Foto: Assessoria Câmara Pinda