10712761_808908435826767_775250558462946223_n

O segundo bloco foi marcado por oito perguntas de bispos, respondidas por cada um dos candidatos.

1° tema – Juventude

Candidata: Marina Silva

A candidata do PSB falou sobre a importância da construção de acesso aos meios, como educação e trabalho, para os jovens, além do fortalecimento da política e na parceria com os governos dos estados no combate à violência. Destacou a importância do fortalecimento da família.

2° Tema – Família

Candidato: Levi Fidelix

Segundo o candidato, a família brasileira é “insolúvel”. Falou que um governante que defende o futuro de um país defende a preservação da família.

3° Tema – Estado e a religião

Candidata: Luciana Genro

A candidata do PSOL destacou não ser religiosa e não vai se converter por uma questão política. Segundo ela, a liberdade de religião não pode sofrer nenhuma restrição. Diz defender a união civil homoafetiva, que é algo natural na sociedade. Defendeu o combate à homofobia e pregar o bem e a igualdade, independente da religião

4° Tema – Combate à desigualdade

Candidata: Dilma Rousseff

Destacou que o seu compromisso é com a inclusão e a igualdade social. Destacou dados da ONU, que mostram que o Brasil saiu do mapa da fome. Falou sobre a geração de emprego nos últimos quatro anos e o aumento do salário mínimo, além da redução da mortalidade infantil. Também abordou a agricultura familiar, que está entre as prioridades de seu governo

5° Tema – Educação
Candidato: Aécio Neves

Falou sobre o que foi feito em Minas Gerais durante o seu governo no estado, com a melhoria dos índices e ser a melhor educação fundamental do país.

6° Tema – Comunicação

Candidato: Pastor Everaldo

Falou ser favorável a liberdade de imprensa e contra o marco regulatório. Segundo o candidato a comunicação tem que ser livre, permitindo que todos saibam o que está acontecendo.

7° Tema – Direitos humanos

Candidato: José Maria Eymael

Disse que o compromisso maior da democracia cristão está alinhado aos valores da família. Falou sobre a dignidade humana e a igualdade de oportunidades, que segundo ele é o ponto central do processo democrático. Eymael disse que no Brasil não há igualdade de oportunidade

8° Tema – Indígina

Candidato: Eduardo Jorge

Segundo Eduardo Jorge, no momento existem 30 terras para serem desmarcadas e ninguém assina. Disse que se eleito assina as três no mesmo dia.