???????????????????????????????

José Maria Eymael (PSDC)

Sobre a constituinte, destacou que queriam tirar “Deus” da Constituição, mas reforçou que conseguiu garantir a permanência Dele.

Aécio Neves (PSDB)

O candidato tucano disse que o governo atual fracassou e, sobre Marina, disse que ela não consegue superar suas contradições, estando no PT pouco tempo atrás.

Marina Silva (PSB)

Disse que não precisa do embate, mas espera por um debate. Reforçou que há um programa de governo e destacou que os seus adversários não o tem. Falou sobre a escola de tempo integral e o passe livre para os estudantes. Disse que ganhará a eleição a “nova postura”.

Dilma Rousseff (PT)

Quem vai ganhar as eleições é quem mudou o país, diz Dilma. Destacou as políticas sociais e de inclusão. Voltou a citar o mapa da fome da ONU, do qual o Brasil não faz mais parte. Segundo a petista, ainda há um longo caminho pela frente e o foco está no país na igualdade de oportunidades e um combate à corrupção.

Eduardo Jorge (PV)

Reforçou ter se colocado com clareza e firmeza durante o debate. Disse que o PV é um partido democrático e que rejeita o autoritarismo.

Luciana Genro (PSOL)

Dirigiu-se aos jovens que foram às ruas em 2013. Falou ser possível a realização dos sonhos levantados nas passeatas, desde que se tenha coragem de enfrentar os interesses tradicionais.

Pastor Everaldo (PSC)

Disse ser a favor da família como está na constituição brasileiro, à liberdade da liberdade de imprensa, da meritocracia e pelo fim do voto obrigatório.

Levy Fidelix (PRTB)

Afirmou que se os eleitores votarem no que estão na frente nas pesquisas continuarão reclamando em 2018. Pediu para votarem em propostas e não em candidatos.