>>> Gestora em escola de Moreira César, Cidinha Pedroso vai assumir a pasta

SONY DSC
Beth Cursino deixou a pasta

Pindamonhangaba amanheceu oficialmente sem secretária de Educação e Cultura. Como especulado nos últimos meses, Elizabeth Cursino foi à baila. A gota d’água foi a troca repentina da empresa responsável pelo transporte escolar dos alunos. A nova empresa, de Caçapava, estaria operando sem o número suficiente de carros, sem falar na falta de estrutura dos veículos para a operação do transporte.

Porém, a queda de Beth era anunciada. Aos poucos, o tom das críticas foi sobrepondo a boa expectativa que pairava o trabalho da secretária desde o início da gestão Vito Ardito Lerário. Segundo informações que chegam ao blog, o clima é de tristeza nas pessoas que trabalhavam próximo a ela na Educação e na Cultura.

Rainha posta, o negócio é pensar no futuro o nome escolhido para assumir a pasta é o de Cidinha Pedroso, hoje gestora na REMEFI Padre Zezinho, em Moreira César.

Correram por fora

Hoje secretário de Esporte, Clebber Bianchi esteve de olho no cargo e, desde o início das especulações da queda de Beth, “forçou” seu nome para a pasta. A queda de Pindamonhangaba para a segunda divisão dos Jogos Regionais poderia ser o argumento final para a sua saída do Esporte. Também foram comentados outros nomes, como o de Honorina Marília Brito Morais, ex-secretária de Educação e Cultura em gestões passadas de Vito. Diretor da Faculdade de Pindamonhangaba e próxima ao prefeito, Luís Otávio Palhari também teve seu nome ligado ao posto. Secretário da pasta na primeira gestão de João Ribeiro, Luiz Sávio Neto foi outro levantado como possível substituto.

*Colaborou Aline Bernardes, da Rádio Ótima FM

Atualizado às 11h19