10155823_589104521183393_1178627416_n

No último domingo, dia 23, o governador e pré-candidato a reeleição ao governo de São Paulo, Geraldo Alckmin, veio a Pinda abrir as torneiras dos investimentos – anunciou mais de 3 milhões de reais para a Santa Casa e deu início às obras de duplicação da Avenida Manoel César Ribeiro. Nesta terça (25), foi a vez de Dilma Rousseff dar o tom de pré-campanha na região.

A presidenta pisou em São José dos Campos, terra hoje governada pelo petê Carlinhos de Almeida, para anunciar o início das construções de casas dos bairros Pinheirinho dos Palmares I e II, que irão abrigar os ex-moradores do Pinheirinho – local que começou a ser ocupado por integrantes do Movimento sem-Teto, em 2004, e que foram removidos em 2012 durante uma ação truculenta da Tropa de Choque da Polícia Militar de SP, em cumprimento a uma ordem judicial.

E Dilma não esteve sozinha, sendo acompanhada por muitos “companheiros”, como o pré-candidato ao governo de SP, Alexandre Padilha – ex-ministro de Saúde dos governos Lula e Dilma. No encontro, foi anunciada a construção de 1.461 casas por meio do Programa Minha Casa, Minha Vida, do governo federal, com aportes do governo estadual de São Paulo.