aumento-salarial1 São José dos Campos tem mais de 600 mil habitantes, uma área superior a 1.099 km2, um orçamento de cerca de 2 bilhões para ser administrado e quase 400 bairros. Com 729 km2 de área, Pinda tem uma população de quase 150 mil habitantes, um orçamento de 420 milhões e cerca de 60 bairros.

As dimensões das duas cidades são discrepantes e São José apresenta dados bastante superiores; porém, os salários mensais dos cargos políticos seguem uma métrica bem mais próxima entre os dois municípios. Após os reajustes do início de ano, o prefeito de São José dos Campos passou a receber todo fim de mês o valor de R$ 20.365. Em Pinda, o mesmo cargo tem um vencimento mensal de R$ 22.328,61.

Já o vice-prefeito da cidade “vizinha” é remunerado em R$ 13.576,66, enquanto em Pinda o valor pago ao vice é de R$ 14.105,94. Outro dado impactante é o salário dos secretários, que em São José recebem R$ 10.182,52, e em Pinda o valor já superou a casa dos 14 mil, registrado em R$ 14.105,94.

No caso dos vereadores, em Pinda os salários são mais baixos, hoje em R$ 9.062,10, enquanto em São José as quantias superam a casa dos R$ 10 mil por parlamentar.

Reajuste recente

O último reajuste em Pinda foi aprovado na Câmara, nesta segunda-feira (17), com o projeto que prevê 6% de reajuste aos cargos de prefeito, vice, secretários e vereadores. Outro projeto de reajuste aprovado ontem estipula 6% de aumento nos vencimentos dos servidores públicos dos poderes executivo e legislativo.

Cofres e cargos políticos

Fazendo uma conta rápida, em Pinda o prefeito, o vice, os secretários (13 nomes, incluindo suprefeito) e os vereadores (11 nomes), juntos, recebem cerca de R$ 320 mil por mês, o que representaria um salário médio de aproximadamente R$ 12.500/mês por cada um deles. No final do ano esses salários representam aos cofres públicos quase R$ 4 milhões de reais.