>>> Na véspera do depoimento mais esperado da Comissão, parlamentares comentam expectativas da oitiva

SONY DSC

 Investigado por uso indevido de carro oficial da Câmara, como mostrado em matéria do Fantástico, o vereador Martim César será ouvido pela CEI dos Carros nesta terça-feira, dia 26, às 14h. Este será o quarto e último depoimento da Comissão, que já ouviu os três motoristas do Legislativo.

Na noite desta segunda-feira, o blog “Papo Sem Censura” ouviu os três integrantes da CEI: Carlos Magrão (presidente), Professor Osvaldo (relator) e Roderley Miotto. O trio falou das expectativas quanto ao depoimento de Martim. “Queremos ser transparente e o mais coerente possível. Trata-se de um colega de trabalho, mas temos que fazer nossa parte”, afirma Magrão.

Segundo Magrão, a CEI buscou reunir o maior número de documentos e dados possíveis antes de ouvir Martim. “Nós não recebemos o documento do CREA, mas não vamos mais aguardar. Vamos dar prosseguimento com ou sem este documento”, disse.

Para Roderley, o parlamentar ouvido não deve falar muito sobre o tema. “É difícil precisar [como será a oitiva], mas eu acho que ele vai responder na retaguarda”, avalia. Roderley também esclareceu ao blog os rumores de que teria sido orientado por vereadores com mais tempo de casa a fazer um relatório paralelo ao de Osvaldo (leia aqui).

Relator da CEI,  Osvaldo também deixou suas expectativas. “A minha esperança é que amanhã seja esclarecedor. Eu acho que a reportagem já mostrou, ele mesmo já enfatizou, então não tem muito mais o que ser feito”, avaliou. Sobre a conclusão da CEI, o vereador destacou que o relatório deve ser concluído em no máximo uma ou duas semanas. “Enrolação já basta em Brasília”, concluiu.