martim2
(Foto: Tribuna do Norte)

 Ainda não há uma data definida, mas o vereador Martim César será ouvido pelos integrantes da Comissão Especial de Inquérito (CEI) nos próximos dias. O depoimento deve ser marcado na próxima quinta-feira, dia 14, véspera de feriado.

Martim é investigado por uso irregular do carro oficial da Câmara. Uma reportagem do Fantástico revelou o parlamentar usando o veículo para fins particulares. Em entrevista, Martim confirmou ter utilizado o carro e afirmou desconhecimento do regulamento interno da Casa. O parlamentar também chegou a destacar que outros vereadores teriam a mesma atitude.

Fôlego

Não é de hoje que a CEI perdeu fôlego e saiu do foco de atenção. Para preparar sua defesa, principalmente no Ministério Público, Martim já teria repatriado R$ 1.800,00 – valor referente aos gastos feitos nas duas viagens.

Hipocrisia impera

Enquanto vereador é investigado por mau uso de dinheiro público e a cidade pouco caminha, nas sessões de Câmara o cinismo impera em muitos momentos. No caso de Pinda, o futuro literalmente a Deus pertence.

Toninho cansou

Apoiador de Vito Ardito Lerário, o parlamentar Toninho da Farmácia aumentou o tom hoje contra a administração. Chegou a comparar a atual gestão com a de João Ribeiro. “Antes, tínhamos sempre um representante da prefeitura nos acompanhando em visitas aos bairros”, comparou. Toninho também reclamou da falta de retorno dos requerimentos feitos pelos vereadores.

Presença e atenção

Apenas os secretários Jorge Samahá, do Planejamento, e Norbertinho, de Governo e Integração, estão sempre no plenário, acompanhando os trabalhos dos parlamentares. Isso não seria necessário se o poder executivo tivesse um representante nas sessões para fazer uma ponte com o Legislativo.

Os pré-candidatos

Pinda está cheio de pré-candidatos a deputado em 2014. Pintam com destaque nas articulações os vereadores Professor Eric e Ricardo Piorino, que estão de olho na disputa para Estadual, o ex-prefeiturável Carlinhos Casé, hoje presidente do Sindicato dos Bancários em Taubaté, e o diretor de Habitação da gestão Vito Ardito Lerário, Rafael Goffi – este último pleiteia sair candidato a Federal.