Por Giovanni Romão

>>> Comissão será presidida pelo parlamentar Carlos “Magrão” e contará ainda com os vereadores Roderley Miotto e Professor Osvaldo

vereadores

O caso mostrado pelo Fantástico neste último domingo, dia 15, em que o vereador de Pindamonhangaba Martim César (DEM) é flagrado usando o carro da Câmara para fins particulares resultou na abertura de uma CEI (Comissão Especial de Inquérito). A equipe de trabalho será formada pelos parlamentares Carlos “Magrão” – autor da CEI e, portanto, presidente –, Roderley Miotto e Professor Osvaldo.

Em entrevista à imprensa, Magrão explicou os trabalhos. “A reportagem me causou espanto e nós precisamos fazer nosso trabalho; e me coloquei essa responsabilidade. Passei aos demais vereadores para assinarem (a abertura da CEI) – tivemos alguns que não assinaram e outros que assinaram”, afirmou. “A principal prova é a reportagem (da TV Globo), mas vamos chamar os motoristas, para que possam ajudar na investigação também”, completou.

Magrão comentou ainda o fato de Martim ter dito na entrevista à TV Vanguarda que outros vereadores também usam o carro dessa forma. “Vamos estar colocando para que o vereador dê nomes aos bois. Se ele sabe outros vereadores que fazem uso do carro, vamos pedir que ele fale…”, disse.

Outro integrante da Comissão, Professor Osvaldo também comentou os trabalhos que serão iniciados. “Temos que começar a corrigir os erros pela casa da gente. Esse é um momento de estar corrigindo um erro da Câmara. É nossa obrigação investigar os possíveis erros que estejam lesando o bolso do contribuinte”, avaliou. Eeu posso falar por mim. Vou trabalhar com muita transparência e clareza. Vamos em busca do que tem que ser resolvido. Aquele mundinho em que os políticos representavam a sociedade está acabando… Temos que acreditar que tudo pode ser diferente. Se vai ter uma Comissão, ela tem que ser clara. Eu não devo satisfação aos políticos aqui – devo à sociedade”, completou.

A CEI tem o prazo máximo de 90 dias para ser concluída.

Vereador alegou desconhecer regras internas

O blog também perguntou aos parlamentares o que eles acharam do vereador ter dito que desconhece as regras internas para o uso do carro. “Ele já tem cinco mandatos. Temos um ato sobre a procedência do carro oficial. Por isso, vamos investigar”, afirmou Magrão. Osvaldo foi mais enfático: “Na política, ultimamente, não estou me surpreendendo com nada mais. Acho que me surpreenderia uma posição diferente. Eu só acho que as máscaras caem. Nisso eu acredito muito.”

O blog errou: Na publicação da matéria, o blog destacou que os parlamentares Jânio Lerário (PSDB) e Toninho da Farmácia (PDT) não haviam assinado o documento de abertura da CEI. A assessoria de imprensa da Câmara entrou em contato com o blog para confirmar que ambos assinaram o documento.