dilm

Ainda falta mais de um ano para a eleição presidencial, mas cada movimento nesta altura do campeonato pode representar importantes reflexos nas disputadas de 2014. Talvez o mais astuto lance foi dado nesta segunda-feira, quando o Planalto confirmou a nomeação de Afif Domingos a mais nova pasta do governo Dilma Rousseff: a Secretaria da Micro e Pequena Empresa.

Hoje vice-governador de São Paulo, Afif deixa a parceria dom Geraldo Alckmin para ser o primeiro representante do PSD no primeiro escalão do governo petista na escala federal. Com a nomeação, Dilma espera fechar o apoio do PSD para a disputa de 2014. O novo partido, fundado por Gilberto Kassab, tem ao lado do PMDB e do PT, a maior bancada na Câmara dos Deputados.

Essa conta é importante para o tempo de TV na campanha eleitoral do próximo ano. Enquanto Dilma já conta com um pré-apoio de dois importantes partidos, o PSDB tem por enquanto apenas o DEM ao seu lado, com foco na candidatura de Aécio Neves. Eduardo Campos, pelo PSB, e Marina Silva, tentando fundar o Rede, também devem sofrer para ter um tempo de TV considerável no próximo ano.