>>> Blog “Papo Sem Censura” noticiou que Jânio Ardito seria o presidente da Câmara. Porém, em reunião no dia 24, Vito disse que “não queria saber de problemas” e apoiou o nome de Piorino para a cadeira
Por unanimidade, o presidente da Câmara nos anos de 2011 e 2012 seguirá na cadeira máxima do Legislativo de Pindamonhangaba. Ricardo Piorino, eleito pelo PDT, foi eleito no primeiro dia de 2013 para o biênio que se inicia. O fato de ter recebido os votos de todos os vereadores é a prova maior da força com que Vito Ardito Lerário inicia a sua gestão como prefeito.
Como noticiado pelo blog em 13 de dezembro (leia aqui), estava tudo sendo articulado para Jânio Ardito Lerário, irmão de Vito, ser o presidente do Legislativo. Porém, uma reunião convocada pelo prefeito em 24 de dezembro mudou os rumos da prosa. No encontro, segundo informações que chegaram ao blog, Vito disse que pretende fazer uma gestão melhor do que os últimos anos do João Ribeiro e, para isso, precisa contar com a Câmara ao seu lado.
O tucano também reforçou que não quer saber de problemas, como o fato de que Jânio como presidente poderia resultar em questionamentos sobre irmão ser o comandante em uma Casa que tem como um de seus princípios básicos a fiscalização do Executivo. Por isso, Vito apoiou o nome de Piorino e sai vitorioso nessa primeira articulação política.
Mesmo não estando na cadeira de presidente, Jânio continua com força máxima dentro do Legislativo. No final da cerimônia de posse, realizada em 1° de janeiro, ele abordou de forma enfática o já eleito presidente da Câmara, Ricardo Piorino, que se preparava para atender a imprensa, dizendo para o parlamentar parar com “esse negócio de imprensa” e correr para resolver alguns assuntos pendentes.