>>> O prefeito eleito Vito Ardito Lerário já tem nomes engatilhados para cargos comissionados em sua administração

Faltando menos de um mês para o início de seu mandato, o prefeito eleito Vito Ardito Lerário começa a definir sua equipe. Os nomes ainda não são oficiais, mas começam a ganhar força e devem ser confirmados em breve pelo tucano. Muitos trabalharam em outras gestões de Vito e voltam à administração depois de oito anos de governo do PPS, de João Ribeiro.

Marcelo Pirani é o nome para a Comunicação, na diretoria subordinada à Secretaria de Integração e Governo, que deve mesmo ser comandada pelo vereador eleito Ricardo Piorino. Com Piorino assumindo o cargo no Poder Executivo, Rafael Goffi (PSDB) fica com a cadeira na Câmara.

O Secretário de Desenvolvimento Econômico deve ser Rubens Fernandes, voltando ao cargo que ocupou na última passagem de Vito pela prefeitura. Rubens foi candidato a vice na chapa de Isaac do Carmo, candidato derrotado do PT à prefeitura de Taubaté.

Para a Secretaria de Obras, Vito já teria feito o convite e falta apenas bater o martelo: Chesco é o nome para o cargo. A Saúde também deve resgatar antigo nome da administração tucana, com o retorno de Sandra Tutihashi. Pasta dada como certa às mãos de Isael Domingues, que, segundo apurado pelo blog, atuará somente como vice-prefeito, sem assumir nenhuma pasta.

Para o Esporte, o convite está na mesa de Marcelo Oliveira, da empresa Alvo Segurança. Marcelo tem formação superior em educação física. Para o Trânsito, Vito deve levar o vereador Abdala Salomão, que saiu derrotado das urnas neste ano. Para a presidência da Fundação João Romeiro, que administra a Tribuna do Norte, o nome mais cotado é o do jornalista Alexandre Pió – fiel escudeiro de Vito, mas afastado do PSDB desde as eleições de 2008.

O nome mais recente ventilado é o de César Augusto de França, do Colégio Anglo, que está próximo de assumir como Secretário de Educação e Cultura. O Diretor de Cultura deverá ser Afonso Barone.