>>> Pedido aconteceu na casa do candidato do PT. Casé, no entanto, sustentou que não abandonará a corrida eleitoral

Esta última semana, que antecedeu o dedo nas urnas, um fato quase inusitado aconteceu em Pindamonhangaba. Segundo apurado pelo blog “Papo Sem Censura”, o atual prefeito João Ribeiro, do PPS, foi até a casa do candidato Carlinhos Casé, do PT, e pediu para que o petista saísse da disputa eleitoral na cidade.

O motivador do pedido seria o fato de Casé ter crescido na reta final da campanha, puxando votos dos indecisos e dos demais candidatos, pulverizando ainda mais a eleição. E, quanto mais polarizada uma eleição, mais incerta o seu resultado – o que pode acabar beneficiando o tucano Vito Ardito Lerário – detentor de votos fiéis.

Tendo como vice, Myriam Alckmin, também do PPS, Paulo Sérgio Torino (PMDB) torna-se o candidato da situação – outro fator que explica (o inexplicável) do prefeito ter feito o pedido a Casé.