>>> União oficializada em convenção na Câmara Municipal neste domingo (24) projeta eleição mais incoerente dos últimos tempos em Pinda

No mundo da política, algumas expressões de significados muito claros ganham outras conotações. Mais suaves, obviamente. “Corrupção”, por exemplo, é visto como “mau uso do dinheiro público”; “abuso de poder” é analisado como “influência”; e “incoerência” chega ao ponto de se tornar “projeto político”.

Como antecipado pelo blog “Papo Sem Censura”, em 11 dejunho, o vereador Isael Domingues, hoje no PV, será o candidato a vice na chapa de Vito Ardito Lerário, do PSDB. A pré-candidatura da dupla teve martelo batido neste domingo, dia 24 de junho. A convenção dos dois partidos, com a presença de outras legendas da base, aconteceu na Câmara de Vereadores da cidade.

Segundo relatado pelo blog ainda em dezembro de 2011, as primeiras conversas entre Vito e Padre Afonso Lobato, líder do PV, teriam ocorrido ainda em setembro do ano passado. Depois disso, as negociações teriam esfriado. Porém, com a união de Paulo Sérgio Torino e Myriam Alckmin, a cúpula tucana direcionou novamente os alvos para Isael, com o objetivo de empinar a campanha de seu eterno candidato a prefeito – Vito.

Inclusive o processo que o PSDB move contra Isael, com o objetivo de retomar a cadeira no Legislativo, irá ao fundo do baú nos próximos dias. Isael deixou o PSDB em setembro do ano passado, alegando ter um projeto diferenciado para 2012 – quando pretendia sair candidato a prefeito. Em entrevista ao blog na época, reforçando suas chances de ser eleito prefeito, Isael chegou a dizer que Vito estava em “declínio”. Neste domingo, o parlamentar juntos os braço novamente com o PSDB – e ao líder da legenda, Vito.

Com essa união, Pinda está próxima de ter uma das eleições de discursos mais incoerentes de sua história, uma vez que Torino anunciou oPPS em sua chapa em 10 de junho – partido ao qual despejou duras críticas durante os últimos anos. Agora, vão juntos para o pleito de 2012.

Veremos os próximos passos de Carlinhos Casé e Gugu Mello – também pré-candidatos a prefeito em Pinda.