>>> Apontado como um nome para ser o vice na chapa de Vito Ardito, o “neopedetê” Ricardo Piorino articula nova legislatura.
Apesar do clima entre Ricardo Piorino e Toninho da Farmácia não parecer dos mais amistosos durante as sessões plenárias, o atual presidente do Legislativo de Pinda e recém-integrado ao PDT garante ter o apoio total do partido.
Para pessoas próximas, Piorino aponta que vai tentar uma terceira legislatura. Acredita ter atingido “maturidade” na Câmara, principalmente depois de assumir a presidência da Casa, e classifica-se como “independente”.
O parlamentar, no entanto, term afirmado que a disputa pelas 11 vagas na Câmara nas eleições deste ano será bastante apertada. Relembra que em 2008 quase ficou de fora, “por uma articulação do PPS, que tirou seus principais cabos eleitorais, convertendo-os em candidatos”. Prevê um investimento na casa de 30/40 mil para uma eleição vitoriosa na busca por nova oportunidade no Legislativo e garante ter o apoio federal e estadual do seu novo reduto partidário.
Em tempo: Será fundamental a chapa que o PDT irá formar para a disputada legislativa neste ano. Em 2008, o partido conseguiu fazer apenas uma cadeira, com Toninho da Farmácia. Figura marcada na Câmara, Felipe César acabou fora, mesmo tendo sido o nono mais votado, com 1.344 votos. Piorino arrancou a última vaga, com apenas 918 votos, puxado pela boa votação obtida pelo PPS na corrida eleitoral.