>>> Matéria sobre condenação do ex-prefeito é vaga de informação e revela despreparo de parte da imprensa local.

A última edição do jornal “O Regional”, com data de 03 a 16 de fevereiro, tem como uma de suas matérias o processo civil movido contra o ex-prefeito Vito Ardito Lerário. Eis o título do artigo: “Vitão é condenado a devolver fortuna para a prefeitura”.

Num primeiro momento, o artigo de fato não está errado, uma vez que o líder do PSDB na cidade realmente perdeu em uma instância um processo conduzido pelo Ministério Público. O caso está ligado a suspeita de compra irregular de passes da empresa Pássaro Marron, entre os anos de 2001 e 2004.

Abaixo, uma imagem “printada” do site do Tribunal de Justiça de São Paulo, comprovando que há uma ação aberta contra o ex-prefeito de Pinda:


Porém, de maneira madura e sem tendências política, o veículo em questão deveria se preocupar em ressaltar que o processo ainda continua em andamento. Cabe recurso. Sendo assim, ainda há muito que acontecer e a ação está longe de ser encerrada.

Despreparo

O fato serviu para mostrar também que estar nas redes sociais pode ser um tiro pela culatra. “Presente” de maneira assídua no Facebook, Vito Lerário poderia ter usado a ferramenta para dar mais explicações sobre o processo, mas preferiu partir para o contra-ataque, afirmando que “começou a baixaria. É a hora dos desesperados”.

A assessoria do tucano ainda postou que uma ação foi movida contra o periódico, devido às “inverdades publicadas no Jornal de 13 a 16 de fevereiro”.

Inverdades? Hum…

Houve sim uma postura pouco ética do jornal em não mostrar o fato como um todo, mas o processo é real. E as explicações de Vito poderiam ser mais “reais” – e, estrategicamente, mais inteligentes.