Um pequeno município localizado a 13 km de Natal (RN), com uma área de 251,308 km², recebeu nesta segunda-feira, dia 28, a presidenta Dilma Rousseff. O compromisso da mandatária? Participar da assinatura de concessão para a construção de um aeroporto internacional na cidade.

Será o primeiro aeroporto privatizado da gestão da presidenta, antes de Brasília, Guarulhos e Campinas.

Emancipado em 1958, o jovem município tem um bom motivo para comemorar e embarca nas festanças proporcionadas pelos investimentos visando à melhoria da infraestrutura do país.

Isso fez o repórter deste blog lembrar a “estória” de um tal aeroporto que seria construído em Pinda. Não de passageiros. De cargas. Grandioso. Internacional também.

Este repórter presenciou quando o então vice-prefeito, João Bosco Nogueira, entrou na redação do Jornal da Cidade, isso lá pelos idos de 2006, para elaborar a manchete do dia seguinte, que tratava do aeroporto. Na capa do jornal, uma foto da área que receberia o investimento, no bairro Sapucaia.

Assim como o aeroporto, outros temas tratados com relevância em período de campanha, pouco se comentam hoje: a pista de esqui e o rebaixamento da linha férrea, por exemplo.

A população preferiu esquecer. Os vereadores pouco tocam no assunto. E o executivo, claro, prefere manter o ensurdecedor silêncio…