Nesta semana, os membros da Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Câmara de Pinda, que avalia o caso da merenda escolar no município, receberão o prefeito João Ribeiro e a vice-prefeita Myriam Alckmin.

Linha de frente para a sucessão de JR em 2012, Myriam já ocupou dois lados no caso da Verdurama. Ainda como vereadora, a ex-tucana assinou documento que deu início às investigações sobre o contrato do poder executivo com a Verdurama. Depois, na condição de vice-prefeita, se recolheu ao silêncio.

Mais do que isso, aproveitou-se de um “vacilo” do primeiro relatório da CEI, para entrar com um mandado de segurança que impediu a votação de abertura de uma Comissão Processante, que poderia resultar na cassação do prefeito João Ribeiro.

Myriam será ouvida na próxima terça-feira, dia 8, enquanto JR vai ao banco do Legislativo dois dias depois, na quinta, dia 10.