A justiça determinou, em primeira instância, o afastamento de João Ribeiro do cargo de prefeito de Pindamonhangaba (SP). A decisão é resultado de uma investigação iniciada pelo Ministério Público em 2007, sobre irregularidades no contrato com seis rádios para divulgação de ações da prefeitura.

Na decisão, a justiça determina o cancelamento dos contratos com as rádios, a devolução do dinheiro aos cofres públicos e multas para as empresas e para o prefeito.

A decisão aconteceu em primeiro instância e João Ribeiro ainda pode recorrer.