Amanhã, sexta-feira, dia 12 de agosto, promete parar Taubaté. A partir das 12h acontecerá, na Câmara de Vereadores da cidade, a votação do processo de cassação do prefeito Roberto Peixoto.

Segundo o blog “Papo Sem Censura” apurou, até terça-feira, dia 9, o grupo que defende a cassação do prefeito contava com o apoio de oito vereadores. Leia aqui!

Para que o mandato de Peixoto seja cassado são necessários dez votos.

Por ser autor das denúncias contra Peixoto, o vereador Jeferson Campos (PV), presidente do Legislativo, não responde pela sessão extraordinária, que fica sob responsabilidade da vereadora Graça. Em seu Facebook, a parlamentar confirmou que não haverá expediente amanhã na Câmara e a avenida do povo será interditada, com colocação de telões.

A justificativa é que o plenário é pequeno e não seria possível acomodar as pessoas que queiram acompanhar a sessão.

O “corre” do grupo que defende a cassação do prefeito é grande. Também utilizando a rede social Facebook, a vereador Pollyana Gama, resumiu seu dia: “Participo neste momento de uma força tarefa de panfletagem, espalhada por vários bairros do município, pela cassação do prefeito Roberto Peixoto. Eu estou em frente à faculdade de Direito da UNITAU.”

O blog “Papo Sem Censura” está de olho na movimentação para mais informações.