Que a saída do vereador Dr. Isael Domingues do PSDB é certa, isso todo mundo sabe… Afinal, das últimas lideranças que o tucanato de Pindamonhangaba conheceu, qual seguiu na sigla?

Bom, mas não vamos entrar na questão do envelhecimento do PSDB local. A questão agora é: para onde vai Dr. Isael, que articula sua candidatura para prefeito em 2012?

O primeiro destino, praticamente certo, seria o PMDB. Porém, como contou o blog tempos atrás, o clima na relação entre o parlamentar e Ary Kara, manda-chuva do partido na região, não é pautado em 100% de confiança.

Agora, Dr. Isael classifica o PSD, partido articulado pelo “ex-dem” Gilberto Kassab, como “novo, de centro, e que acolhe a todos, prevalecendo a democracia”. A fala está em um release oficial do parlamentar.

O contexto? A criação do diretório municipal, em Pinda, do “futuro-incerto” partido. Diga-se, agora existem suspeitas de assinaturas falsas na articulação para a fundação da legenda… Vem água ainda por aí!

A criação dos diretórios municipais nas cidades do Vale do Paraíba e Alto Tietê é conduzida pelo deputado federal Junji Abe, que recebeu apoio de Dr. Isael em 2010. Em Pinda, o ato de criação do diretório aconteceu no dia 20, quarta-feira. Na Câmara de Vereadores, também deram às caras: Martim César e Ricardo Piorino.

Apenas a título de curiosidade, o release oficial do vereador Dr. Isael, que dá sinais claros de uma possível filiação no “futuro-incerto” partido, termina da seguinte forma: “Depois de formalizada, a legenda poderá receber as filiações até 5 de outubro, possibilitando o lançamento de chapas completas da agremiação para as eleições municipais de 2012, na disputa majoritária e também na proporcional.”