No dia 16 de agosto, este blog trouxe aos seus leitores o caso da “máfia da merenda” – uma investigação conduzida pelo Ministério Público que aponta irregularidades na contratação de empresas para o serviço de merendas escolares nas escolas.

O caso foi trazido à tona pelo jornal O Estado de S. Paulo, em dois artigos publicados nos dias 13 e 14 de agosto:

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100813/not_imp594397,0.php

http://www.estadao.com.br/estadaodehoje/20100814/not_imp594918,0.php

Em Pinda, os primeiros efeitos reais foram as exonerações do Secretário de Finanças Silvio Serrano e do Diretor de Licitações Marcelo dos Santos.

Para o lugar de Serrano, o prefeito João Ribeiro nomeou Rodolfo Brockhof.

Vereadores seguraram a onda

O caso ganhou as dependências da Câmara de Vereadores de Pinda durante a noite desta sexta-feira, quando acontecia a sessão ordinária da semana.

O prefeito João Ribeiro e o Secretário de Integração e Governo, Arthur Ferreira dos Santos, foram até o legislativo. A sessão foi interrompida para uma reunião a portas fechas.

De lá, fontes informaram o repórter deste blog que o prefeito solicitou o apoio dos vereadores. Enfatizou seu posicionamento contra as práticas de corrupção e que o caso está sendo investigado pelo MP. Por isso, afastou os suspeitos enquanto a investigação é conduzida.

No retorno ao plenário, para os 40 minutos finais da sessão, os vereadores não tocaram no assunto.

Porém, algumas fontes afirmam que a questão da merenda é apenas um ponto de toda confusão. Aguardemos!

Abaixo, nota oficial divulgada pela prefeitura no início da noite:

Em resposta aos questionamentos acerca das exonerações do Secretário de Finanças e do diretor de Licitações, a Prefeitura de Pindamonhangaba informa que foram exonerados de suas funções no dia 15 de outubro de 2010.

A medida foi tomada em função de indícios de supostas irregularidades que estão sendo apuradas.

Em nota, a Prefeitura comunica que a pasta será ocupada pelo dr. Rodolfo Brockhof, que até então exercia a função de diretor do Depto de Procuradoria Administrativa.