Não é nenhuma novidade no mundo da política que os candidatos bem votados nas eleições, principalmente em cargos legislativos, sejam sondados por outras siglas partidárias.

Enfatizei em um artigo, no final de 2009, que o vereador Dr. Isael Domingues, segundo mais votado nas eleições municipais de 2008, em Pinda, poderia deixar o PSDB.

O DEM foi o primeiro partido apontado como possível futura “casa” do vereador. Nenhuma proposta oficial, pública ao menos, chegou a acontecer. Mas na informalidade houve “citada” cogitação. Em conversa com um ex-filiado do partido, a colocação foi: “Dr. Isael é nome que nós queremos conosco!”

A bola da vez é o PSB, partido que também compõe a base do prefeito João Ribeiro na Câmara, assim como o Democratas.

Não pelo fato do médico estar hoje no grupo de oposição; mas daria certo o parlamentar dividir a sigla com o líder do governo na Câmara, o vereador Alexandre Faria?

Os problemas de ordem profissional entre os dois são antigos!

Agora, unindo a vontade do médico em ser prefeito e a falta de uma liderança de peso dentro do PSB local, até que não seria uma má ideia.

Foco em 2012!

Para o conservador e inerte tucanato pindamonhangabense, sem sombra de dúvidas, representaria uma grande perda.