O governador de Minas Gerais, Aécio Neves, segue afirmando não ter aceitado nenhum tipo de acordo interno para ser candidato a vice-presidente ao lado de José Serra, como especulado há duas semanas.

Pesquisa Datafolha divulgada neste sábado (30), no entanto, foi mais um tiro em Aécio.
Na verdade, o PSDB tem que se preocupar com os novos números.

Além de Dilma Roussef (PT) ter baixado a diferença que a separada de Serra em oito pontos, somando agora 16% das intenções contra 38% do governador de São Paulo, caso o candidato tucano fosse Aécio, o partido seria o último colocado nas urnas.

Aécio perderia para Ciro Gomes (PSB), Dilma e, ainda, Heloísa Helena (PSOL).

Ponto positivo para o tucano: de todos os presidenciáveis e em todos os cenários de disputa, o único a superar a marca dos 30% das inteções e bater na casa dos 40% foi José Serra.

Ponto negativo aos tucanos: Desde o início das pesquisas, Dilma aparece em subida contínua. Serra sofreu a primeira recuada na pesquisa desta semana.